JD narra American Life

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

The American Life” é uma rádio-novela nos EUA que existe desde 1995, com o passar dos anos, o seriado foi ganhando mais visibilidade e resolveram até fazer uma versão para a televisão.

Em um episódio da segunda temporada de “This American Life”, fuga é o tema principal. As pessoas que tentam escapar de um lugar, quem está tentando viver de forma independente. Mike Phillips, um rapaz de 27 anos que sofre de uma doença degenerativa que limita seus movimentos, tem esse mesmo desejo (de fugir). Ele quer ter sua própria vida, uma vida como qualquer outra pessoa teria. Ele não pode falar pois há um tubo em seu pescoço, que o permite respirar, ele se comunica digitando palavras em seu laptop que fica suspenso acima de sua cama. Mike digita letra por letra com seu dedo, e por meio de um simulador de voz pode-se ouvir o que ele quer falar. No início do episódio, Ira Glass pergunta a Mike quem ele gostaria que lesse seus emails na história, para substituir a voz do simulador, e Mike responde “Edward Norton ou Johnny Depp”.

Essa é uma história real, mas eu não sei se todos os episódios desse seriado retratam histórias reais.
Dito isso, vamos direto ao ponto. Fizeram uma entrevista com Ira Glass em que perguntaram sobre a participação de Johnny no seriado:

Pergunta: Como você conseguiu convencer Johnny a participar?
Resposta: Nós nem pedimos a ele, de primeira, quando perguntamos a Mike “Quem deveriamos usar para sua voz?” ele falou “Edward Norton ou Johnny Depp.” Foi algo que nós quase descartamos. Mas Norton estava em Nova Iorque e eu me dei conta de que ele era um cara legal, então nós fomos até ele, que recusou nosso pedido friamente, risos. Três semanas antes das filmagens terminarem, o presidente da rede, Bob Greenblatt, disse: “Você tentaram falar com o Johnny Depp?” E nós dissemos, “Não, não não. Ah meu Deus.” Nós nem pensávamos que tinhamos alguma chance…Mas conseguimos o número da agente dele, ligamos e recebemos uma resposta em cinco minutos. Eu expliquei da maneira mais simples possível e enviei as falas de Mike por email. E deixei bem claro que nós não estávamos fazendo uma história triste sobre deficiências físicas. Aquilo fez sentido para Johnny, ele demorou cerca de 5 a 10 minutos para gravar as falas. Foi a participação mais fácil de se conseguir! (It was the easiest “get” ever.)


0 comentários:

Postar um comentário

 
Johnny Depp Blogspot | by TNB ©2010